Empresa de conversores para fibra óptica

conversores para fibra optica

Criada em 1962, a tecnologia de fibra óptica foi criada por três cientistas americanos: Peter Schultz, Donald Keck e Robert Maurer. Na verdade, eles começaram a trabalhar em uma nova ideia que pudesse servir para transmitir dados por via laser. Hoje, uma empresa de conversores para fibra óptica adaptaram a tecnologia para os dispositivos já criados.

A fibra óptica é uma tecnologia hoje amplamente utilizada nas telecomunicações. De acordo com as próprias palavras de um de seus criadores, Peter Schultz, a fibra óptica, que consiste basicamente em dois fios de vidro com alto grau de pureza. Um deles é o núcleo e tem cerca de 10 micrômetros algo invisível ao olho humano e dentro dele é que passam os raios laser.

Em entrevista dada ao jornal diário Estado de São Paulo no ano de 2013, Peter ainda explicou do que é feito o núcleo dos fios de vidro. O núcleo é envolvido por uma casca, que tem 100 micrômetros o tamanho de um fio de cabelo e serve para protegê-lo.

O diferencial da fibra óptica

O grande diferencial da fibra óptica é poder transmitir uma quantidade gigantesca de informação, aproximadamente um bilhão de vezes mais o que é possível fazer através de um cabo de cobre. Ainda na década de 1960 existiam poucos dispositivos que podiam receber uma tecnologia tão inovadora como essa.

A fibra óptica passou a ser usada mesmo depois de 2007, no Brasil, em larga escala, para televisores, redes de telefone e, principalmente, para acesso à Internet. Porém, além desses mercados mais comuns, Alguns produtos e redes ainda podem tecnologias mais antigas, mas podem receber adaptadores para que entendam o sinal óptico e funcionem como fibra óptica. É por isso que no mercado hoje existem diversos conversores ópticos.

A mudança para que as residências tivessem o sinal óptico foi grande, mas imaginem essa mudança em outros setores importantes, como empresas, setor industrial e de segurança. As indústrias já automatizaram sua linha de produção há anos e máquinas inteligentes podem atuar de forma mais rápida e eficiente se tiver uma ligação com fibra óptica, por exemplo.

E para que os conversores funcionem de maneira adequada também é preciso fazer algumas observações, entre elas: o tipo de fibra, se é monomodo ou multimodo, e qual conector será utilizado. São informações básicas, porém primordiais para que seja adquirido o conversor correto para o sistema e que atenda a sua necessidade.

Vantagens de trabalhar com uma empresa de conversores para fibra óptica

Uma empresa de conversores ópticos pode ajudar na tarefa de encontrar os melhores dispositivos ópticos para seu projeto, especificando todas as características e detalhes do produto.

A Flexmedia é uma empresa de conversores para fibra óptica que mais se destaca no cenário nacional. A Flexmedia atua de forma personalizada, de acordo com a necessidade do cliente, que pode ser desde uma pequena, média ou grande empresa, até grandes pátios industriais que ficam em ambientes afastados e mais hostis eletricamente.

Fabricando os diferentes tipos de conversores, a Flexmedia colabora com o crescimento e inovação do setor de fibra óptica.  Trabalha com projetos de automação, CFTV e outros sistemas que necessitam de mais segurança e velocidade de transmissão de dados.

O mercado de conversores ópticos se adapta a todo instante, já que requer soluções cada vez mais específicas. Essa lógica de trabalho da Flexmedia funciona independente do tamanho do projeto a ser criado, por isso é capaz de atender o país todo e com alta qualidade.

Solicite seu Orçamento

Recentes Posts
Tags