Empresa de conversores de mídia

Empresa conversor de midia em são paulo

em contrapartidaAlguns conversores de mídia atualmente têm o papel de converter sinais mais antigos para os atuais. Uma empresa de conversores de mídia, por exemplo, tem o papel de vender ou fabricar aparelhos que troquem sinais analógicos para ópticos, assim como de SDI para HDMI, ou mesmo o sinal elétrico padrão Ethernet para a fibra óptica.

Quando se usa o termo de conversor de mídia, decerto é um conversor que irá transformar um recurso em outro. Os cabeamentos da área, ou seja, que estão relacionados com rádios, Internet, telefonia, entre outros, tiveram também evoluções conforme o tempo.

Antigamente essa fiação era via cobre, que ocupava mais espaço, suportava menos velocidade de transmissão de informação, assim também tendo mais instabilidades na rede. Não à toa, a Internet na década de 1990 caía com muito mais frequência.

De toda forma, os primeiros cabos Ethernet vieram com o advento da Internet, lá na década de 1950. As máquinas, no entanto, não eram tão modernas como as de hoje, e por isso, os cabos de rede foram se adaptando conforme o tempo. Já chegando na década de 1980 e 90 as coisas começaram a mudar um pouco, com o uso do cobre conectando o mundo todo.

Já após a primeira década dos anos 2000, a fibra óptica finalmente conseguiu ser aplicada nos novos computadores, redes de telefonia, sistemas de informação, entre outros. Desse modo, uma empresa de conversores de mídia tem obrigação de trabalhar com a fibra óptica em todos os recursos que irá aplicar.

 

Quais aparelhos uma empresa de conversores de mídia trabalha?

 

Alguns dos conversores de mídia que podem ser encontrados na Flexmedia:

1 – Conversores de vídeo;

2 – Conversores multímodo e monomodo;

3 – Conversores seriais;

4 – Conversores E1 e E3;

5 – Conversores SDH;

6 – Conversores gerenciáveis;

7 – Conversores de fibra bidirecional;

8 – Conversores industriais (para automação industrial).

Esses conversores de mídia conversam com as conexões da Fast Ethernet e Gigabit Ethernet, os dois padrões mais utilizados no mercado. A Fast Ethernet trabalha com uma conexão de até 100Mbp/s de transmissão de dados. É o modo mais comum de conexão, apesar de não atender muito bem redes muito grandes e robustas. Em contrapartida, a fibra óptica atua nas duas conexões.

Solicite seu Orçamento